Compartilhe

Descubra, passo a passo, como transformar a sua placenta em uma obra de arte única para eternizar a memória do seu parto com um belo quadro da árvore da vida do seu bebê!

carimbo de placenta
Carimbo de Placenta - Placenta Print - Quadro de Placenta

Quadro, Print ou Carimbo de Placenta? É tudo igual (iguamente bonito!)

O carimbo de placenta é uma lembrança única para eternizar o parto e que além de ser super artística, é também muito simples e barata de fazer, pois tudo o que você vai precisar é de papel e placenta (e tintas, se quiser pintar e fazer mais efeitos)!

A placenta é muitas vezes chamada de “árvore da vida” devido ao seu papel vital em fornecer oxigênio e nutrir o bebê durante a gestação, mas esse apelido ganha toda uma outra dimensão quando fazemos o carimbo ou quadro da placenta. Isto porque a forma é real e incrivelmente parecida com uma árvore!

 

Você pode fazer este projeto com a ajuda da sua doula, parteira, parceiro(a) ou até mesmo sozinha. Veja o passo a passo abaixo!

Como fazer Carimbo de Placenta

MATERIAL NECESSÁRIO

  • Papel de aquarela;
  • Luvas descartáveis;
  • Tinta a base de água ou tinta de carimbo (opcional);
  • Placenta fresca;
  • Toalha para evitar bagunça (opcional);

PREPARAÇÃO 

  • Use luvas descartáveis para manusear a placenta, especialmente se não for sua (o contato com sangue de outra pessoa pode ser arriscado);
  • Não lave a placenta antes de começar, pois poderá utilizar o próprio sangue da placenta para fazer os primeiros carimbos e só depois experimentar com tintas à base de água!
  • Cubra a superfície com uma toalha antes de começar a pintura da placenta para evitar bagunça;
    Evite papéis muito grossos (como cartolina), eles não absorvem bem a tinta e o carimbo fica mais fraco;

Fazendo o quadro de placenta

  • Lave bem as mãos e use luvas descartáveis para evitar contato direto com o sangue.
  • Coloque a placenta em uma superfície lisa (mesa, chão), posicionando-a como deseja que apareça no carimbo.
  • Com muito cuidado, coloque o papel de aquarela em cima da placenta, de acordo com o enquadramento que pretende para o quadro;
  • Com as mãos abertas, pressione o papel contra a placenta para moldar o formato do “print” ou do carimbo;
  • Retire o papel com cuidado e veja se o resultado!

 

Dica: use o cordão ligado à placenta para fazer várias formas, como um coração ou ondas, se o tamanho assim permitir!

Passo 1: Coloque a placenta sobre um papel toalha ou toalha limpa numa superfície lisa

PRIMEIRO PASSO – PREPARAR

Após lavar as mãos e colocar luvas descartáveis, abra a placenta sobre uma superfície lisa. Cubra a superfície com um papel toalha grande ou uma toalha limpa.

Passo 2: Pinte a placenta ou utilize o próprio sangue da placenta para o carimbo

SEGUNDO PASSO – PINTAR

Se for utilizar o próprio sangue da placenta, pode pular para o próximo passo. Senão, pinte a placenta usando um cotonete ou pincel para adicionar os detalhes com tintas à base de água (que não danificam a placenta).

Passo 3: Coloque o papel sobre a placenta

TERCEIRO PASSO – CARIMBAR

Cuidadosamente, pouse o papel sobre a placenta, tendo atenção ao posicionamento desejado para o quadro. Aplique pressão sobre o papel contra a placenta para formar o carimbo. Ao terminar, remova o papel com muito cuidado para não borrar.

Dicas artísticas para dar mais estilo ao seu carimbo de placenta!

A parte boa de fazer um carimbo de placenta é que… não estraga a placenta. Ou seja, dá para fazer vários prints, vários quadros diferentes, experimentar diferentes cores e posições até obter o resultado mais satisfatório e que tenha mais “a sua cara”. Aqui vão algumas dicas para experimentar se é a sua primeira vez fazendo um print de placenta!

 

Varie a pressão das mãos para conseguir texturas diferentes

A placenta é um órgão “carnudo” e com veias e artérias, ou seja: muito rico em texturas! E isso é maravilhoso para fazer arte, especialmente um carimbo. Experimente aplicar diferentes pressões com as suas mãos e veja como as formas ficam diferentes e jogue com os resultados! Isso não apenas adiciona texturas fascinantes, mas também proporciona uma experiência tátil única ao tocar na obra.


Vários carimbos no mesmo quadro

Não é porque só tem uma placenta que precisa ter só um carimbo! Você tanto pode experimentar fazer vários carimbos diferentes, como pode experimentar fazer vários “prints” ou várias impressões da placenta na mesma folha. Imagine uma “floresta” de placentas ou representações distintas da mãe e do bebê, que lindas composições pode criar com isso, não é?


Brinque com as cores

O carimbo de placenta não precisa ser só vermelho-sangue (literalmente rs) nem só marrom e verde para representar a “árvore da vida”. Se quiser, pode utilizar várias cores e misturar em vários estilos para obter resultados diferentes. Escolha tonalidades que reflitam momentos especiais da jornada do parto ou que tenham um significado especial para você. Experimente pintar os veios da placenta de cores diferentes do restante ou adicionar pontos e formas espalhados para representar os “frutos” da árvore da vida. Pode também testar um estilo tie-dye, por que não?


Experimente várias posições

Explore diferentes posições ao posicionar a placenta no papel. Isso pode resultar em formas e padrões surpreendentes. Solte a imaginação e crie composições únicas!

 

Misture várias técnicas

Combine a técnica do carimbo com outras formas de arte. Por exemplo, você pode pintar o fundo antes de fazer o carimbo ou então pode pintar a placenta de maneira abstrata antes de carimbar. Pode ainda adicionar detalhes com aquarela depois de já ter carimbado para enriquecer o seu quadro de placenta!

 

Adicione um Toque Simbólico

A diferença está nos detalhes, e é verdade. Junte elementos simbólicos à sua pintura para tornar o quadro de placenta mais cheio de significados. Cores específicas ou símbolos que representem momentos marcantes do seu parto podem transformar a obra em uma expressão autêntica.

 

Tente diferentes tipos de papel

Selecione cuidadosamente o tipo de papel para a pintura. Papéis absorventes proporcionam texturas distintas, enquanto papéis coloridos ou com texturas específicas adicionam camadas visuais à sua criação.

 

Sem Medo de ser Feliz!

Lembre-se de que cada tentativa é uma oportunidade de aprendizado. Não se preocupe se o seu carimbo não ficar perfeito de primeira. Experimentar várias e várias vezes é, na verdade, a melhor maneira de chegar ao resultado “perfeito”, que realmente reflita a sua jornada, o seu parto, sua personalidade e a sua relação com o bebê.


Agora é só deixar a sua criatividade fluir e transformar esse momento especial em uma obra de arte única na sua casa, para exibir com todo o orgulho do mundo e se lembrar sempre de quão forte e incrível você foi nesse momento!

Inspirações: Quadro de Placenta

Compartilhe
AUTORIA
PESQUISA
CATEGORIAS NO SITE
POSTS RECENTES

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    A VILA

    Vila Materna é um portal de conteúdos baseado em evidências científicas e centrado nos temas relevantes sobre gestação, parto, maternidade e educação.

    Aline Rossi © 2020. Todos os direitos reservados.