Os quartos montessorianos estão de volta e conquistaram os corações das mães! Descubra o que é e como montar um quarto montessoriano para o seu bebê e veja as fotos no final do artigo para se inspirar!

Já ouviu falar do Quarto Montessoriano? Então vamos começar do começo!

O Método Montessori, desenvolvido pela médica e pedagoga italiana Maria Montessori, é um método pedagógico com uma abordagem científica, holística e que adota a perspectiva da criança. Isso quer dizer que o método leva em consideração desde o bem-estar emocional dos pequenos, o seu estágio de desenvolvimento e até mesmo o espaço físico onde ela aprende ou convive. E é aqui que entra o Quarto Montessori.

O que é o Quarto Montessoriano?

Um quarto montessoriano é um quarto que foi organizado para atender às necessidades e a perspectiva da criança, para responder seus estágios de desenvolvimento de modo que ela possa ser autônoma e precise o menos possível da ajuda de adultos. O ponto principal para fazer isso é, sem dúvidas, a mobília do quarto.

Maria Montessori mudou a educação e a escola para sempre ao apontar que os nossos espaços (na verdade, a sociedade em geral) é pensada por e para adultos e que isso cria obstáculos para o desenvolvimento da criança.

Um exemplo comum é quando bebês caem da cama. Essa é uma das situações de perigo em que os bebês são colocados porque o espaço não atende às suas necessidades e seu desenvolvimento. Uma cama alta claramente não é feita para um bebê. Já um colchão no chão não só diminui o risco de queda para os bebês, como também fomenta o seu desenvolvimento, uma vez que a criança terá mais autonomia para se movimentar em segurança para fora ou para cima do colchão.

O Método Montessori

Maria Montessori apontou que o ambiente tem um papel importantíssimo no desenvolvimento da criança e que o papel dos educadores (ou, nesse caso, pais) é fornecer às crianças as ferramentas e condições para que elas se desenvolvam naturalmente, por si mesmas. E não com a intervenção constante dos adultos, que pode até atrapalhar e ser uma barreira à autonomia da criança.

Na escola, por exemplo, Montessori falava das cadeiras como “grilhões” para as crianças, pois seu efeito era doutrinar e limitar o movimento, que é super importante para o desenvolvimento dos pequenos. Além disso, o método Montessori também fala da importância de reduzir a oferta de brinquedos para incentivar a partilha, o máximo aproveitamento e a concentração.

Portanto, a proposta do Quarto Montessori adota e adapta o método montessoriano para fazer do “cantinho da criança” em casa, o seu quarto, o melhor cômodo e aliado possível para o desenvolvimento do bebê. Afinal de contas, nos primeiros meses de vida especialmente, a casa é o espaço principal de convívio dos pequenos.

Benefícios do Quarto Montessoriano

São muitos os benefícios de adotar uma organização e método montessoriano no quarto do bebê ou da criança. Alguns desses benefícios podem ser resumidos como:

  • Propicia a independência e autonomia
  • Desenvolve a consciência espacial
  • Ensina sobre os limites físicos.
  • Encoraja a autodisciplina.
  • Fomenta padrões saudáveis de sono
  • Cria um ambiente seguro para a criança

É possível montar um Quarto Montessoriano gastando pouco?

Para muitas mães, a ideia de um quarto organizado sob a perspectiva de uma “pedagogia especial”, adaptando móveis e design, pode parecer muito dispendiosa. A verdade é que não é preciso móveis caros e planejados para fazer um quarto montessoriano. É completamente possível fazer um quarto montessoriano gastando pouco.

Aliás, sabia que Maria Montessori desenvolveu seu método primeiro em escolas de bairros periféricos e pobres da Itália? Eram creches e escolas primárias de crianças filhas de operários de fábrica, que não tinham onde deixar seus filhos quando trabalhavam em suas extensivas jornadas de 10h ou 12h de trabalho. Por isso, nunca foi sobre luxo e gastar muito. Sempre foi sobre simplicidade e, principalmente, funcionalidade.

Como montar um Quarto Montessoriano

QUARTO MONTESSORIANO: o que é e como fazer!
Créditos da imagem: Solo Infantil

Existem alguns conceitos e elementos básicos no quarto montessoriano, que são:

  • Colchão no chão ou “cama montessoriana”
    Você já deve ter visto fotos por aí das “camas montessorianas”. Algumas se parecem com casinhas sem paredes. A verdade é que não existe uma “cama montessoriana”. A ideia principal é manter a cama ou o colchão ao alcance da criança, de forma que ela possa se movimentar e utilizar com autonomia e segurança.

Portanto, invés de ter uma cama de solteiro ou um berço alto, utilizamos um estrado ou tapete (para isolar o frio) diretamente no chão com um colchão para a criança dormir. Funcional, simples, barato e seguro.

  • Espelho na parede
    Especialmente importante para crianças com menos de um ano, que estão desenvolvendo consciência sobre seu corpo, movimentos e sobre si mesma como um ser separado dos demais e do espaço. Um espelho simples exposto na parede à altura da criança é suficiente para esse fim, onde a criança possa ver a si mesma enquanto se movimenta e reconhece seu corpo.

Uma boa ideia é adicionar uma barra (como um varão de cortina) fixado à parede em frente ao espelho, para que o bebê possa se segurar e levantar enquanto se observa.

  • Organização dos brinquedos
    Espaços de organização são muito importantes. Ter os brinquedos espalhados, por exemplo, não só atrapalha a movimentação da criança (e cria potenciais episódios de “dodóis”..!), como também distrai e pode fazer a criança perder o interesse em utilizá-los com máximo aproveitamento. Prateleiras baixas ou estantes fixas ao alcance das mãos dos pequenos, com indicações claras (por exemplo, através do uso de cores), são bons aliados!
  • Cantinho da leitura ou de estudos
    Se houver espaço, é recomendado ter um “cantinho” da leitura ou de estudos. Pode ser tão simples quanto um tapete e almofadas e prateleiras para os livros como pode envolver uma pequena escrivaninha para as tarefas e uma estante. Tudo depende da idade e das necessidades da criança. O importante aqui é separar o espaço de dormir e de brincar do espaço de concentração e foco.

Dicas para montar um Quarto Montessoriano

Pense os móveis para o tamanho da criança

O objetivo de adaptar o ambiente é promover a autonomia. Uma criança independente significa menos trabalho para os pais, então todos saem ganhando.

Menos é mais

A ideia não é criar um ambiente estiloso de luxo, mas sim funcional para a criança. Mantenha o mínimo necessário para a organização e o conforto. A criança realmente precisa de dez tipos de mobílias diferentes no quarto? Tudo que estiver a mais pode ser retirado.

Decore com simplicidade

Simplicidade não quer dizer que não possa decorar, apenas tenha atenção para manter o ambiente visualmente e limpo e tranquilizante.

Organize um rodízio de brinquedos

Se seu filho ou filha tiver muitos brinquedos, pode guardar uma parte deles e ir fazendo rodízio. Um número X de brinquedos fica durante X tempo (por exemplo, um mês) e depois troca com outros. Isso serve para reduzir distrações e permitir que a criança se concentre nas suas brincadeiras, tirando o máximo proveito.

Prateleiras e estantes modulares podem ser uma boa aposta

Estantes de cubos que possam ser deitadas na horizontal ou prateleiras de parede que possam ser fixadas à altura da criança são acessíveis, bonitas e funcionais. Não precisa apostar em móveis planejados, se não quiser, essas são duas boas opções para organizar os brinquedos. Pode também usar caixas para separar os brinquedos por “tipos” e tamanhos na arrumação.

Inspirações para criar um Quarto Montessoriano

Veja abaixo algumas fotos que selecionamos para se inspirar e começar a planejar o quarto montessoriano do seu ou da sua pequena!


Amando e Montessoriando

Aprenda como aplicar o Método Montessori em casa e transforme a sua rotina familiar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.