Amor líquido, ouro em forma de leite, ajuda a criar laços, faz bem para a saúde do bebê e da mãe… A amamentação é linda… Até os mamilos racharem ou ficarem machucados. Aí a amamentação se torna a parte mais difícil do seu dia.

 

Rachaduras e machucados nos bicos dos seios são dolorosos, mas são um problema bastante comum que afeta muitas mães. E amamentar pode rapidamente ir de sonho a pesadelo com esse “pormenor”. A dor enquanto amamenta seu bebê não é um sacrifício materno bonito: é um sinal de que algo está errado. E é preciso corrigir rápido, antes que você se machuque mais. Afinal, amamentar nunca, nunca, NUNCA deve doer.

 

Antes de mais, é importante compreender como as rachaduras aparecem. Dessa forma, além de agir para curar os machucados, você saberá como evitar o aparecimento de novas rachaduras.

O que causa rachadura nos bicos dos seios?

As fissuras mamárias ou rachaduras nos mamilos são causadas pelo atrito na sucção ou o que chamamos de uma “má pega” ou “pega incorreta” do bebê. Por isso, é comum que as rachaduras apareçam nas primeiras semanas de amamentação, especialmente para mães de primeira viagem que nunca amamentaram antes e/ou não foram orientadas sobre como posicionar corretamente o bebê para a mamada.

 

Insistir em amamentar com o mamilo machucado sem corrigir a pega pode resultar até em pequenos sangramentos e dores muito desconfortáveis para a mãe. Por isso, o ideal é agir o quanto antes e aprender a pega correta.

 

Para dicas de como fazer a pega correta, dê uma olhada no nosso artigo com Dicas de Amamentação de uma consultora internacional em aleitamento materno!

 

Se você está com o bico do peito rachado e não sabe mais o que fazer, esse texto é pra você. Reunimos dicas de várias doulas, profissionais de enfermagem e consultoras de amamentação para curar mamilos rachados. Dá uma olhada!

Se tiver apenas um mamilo estiver machucado

É comum que a mãe tenha um lado preferido para amamentar e, por isso, é frequente que as rachaduras nos bicos dos seios apareçam em apenas um dos lados. Se for este o seu caso, opte por amamentar apenas com o outro seio enquanto trata do bico machucado com as dicas a seguir.

 

Se ambos os seios estiverem machucados, amamente primeiro com o seio que estiver menos dolorido e depois com o outro, pois assim o bebê já estará mais satisfeito e a sucção será mais leve na segunda mamada, machucando menos a pele.

 

Caso o seio machucado fique muito cheio por não estar sendo mamado, faça massagem de pressão com as mãos para drenar o leite, de modo a não causar mais desconforto no mamilo. Usar óleo de coco, azeite de oliva ou deixar água quente correr sobre o seio também pode ajudar a tirar leite sem precisar da sucção no mamilo.

Como tratar rachaduras no mamilo?

1 – Passe leite materno na rachadura

Além de ajudar a manter a pele hidratada, o leite materno tem propriedades cicatrizantes. Por isso, passe um pouquinho do seu próprio leite em todo o mamilo algumas vezes por dia para acelerar a recuperação da pele fissurada e deixe secar naturalmente.

 

2 – Banho de sol nos seios

É recomendado dar banho de sol nos seios (sem roupa e sem sutiã) por pelo menos 15 minutos ao dia para ajudar na recuperação da pele. A vitamina absorvida ajudará a pele a cicatrizar e curar mais rapidamente. Para isso, entretanto, é importante respeitar os horários de exposição solar: evite os picos de calor, preferindo os horários de antes das 10h da manhã e depois das 15h na parte da tarde, quando os raios ultravioletas estão menos agressivos.

 

3 – Compressa fria nos mamilos

Fazer uma compressa de gel fria ou de gelo sobre os mamilos rachados ajudará a aliviar a dor e o desconforto após amamentar. Alguns minutos deverão ser suficientes.

 

4 – Use um pano úmido morno

Passe uma fralda de pano ou outro tecido limpo em água morna (não quente, apenas morna), torça para tirar o excesso de água e coloque o tecido umedecido morno sobre os mamilos. Isso trará uma sensação de alívio da dor e conforto. Esse método também pode ser usado em caso de ingurgitamento mamário (empedramento do leite).

 

5 – Cremes para mamilos à base de lanolina

A lanolina é um óleo natural extraído a partir da lã da ovelha. Existem muitas opções de cremes cicatrizantes para fissura mamilar à base de lanolina que podem ser usados e não interferem na amamentação, não precisam ser lavados e não fazem mal ao bebê. O melhor é que esse creme pode ser usado junto dos métodos anteriores também!

 

6 – Almofadas de hidrogel para proteger os mamilos

Existem pequenas almofadinhas para mamilos feitas de hidrogel que não só proporcionam alívio para a dor, como também protegem seus mamilos da fricção contra os tecidos das roupas, que também pode incomodar e fazer arder os mamilos machucados ou fissurados. Idealmente, evite usar sutiãs ou use sutiãs de amamentação, que geralmente são feitos de tecidos mais respiráveis e que não causam atrito na pele.

 

7 – Laserterapia para mamilos

Caso a fissura mamilar já esteja num estágio muito grave, é indicado buscar ajuda médica. Uma consulta de aleitamento materno certificada para fazer laserterapia poderá ajudar a acelerar a cicatrização através da técnica de lazer e dar dicas de como cuidar e aliviar a dor!

Como prevenir rachaduras nos mamilos?

Seguindo as dicas acima, você conseguirá recuperar rapidamente caso já esteja com os mamilos machucados. Contudo, é importante estar atenta às dicas para prevenir que as fissuras voltem a acontecer. Saiba como pode evitar!

 

1 – Treine a pega correta

A pega incorreta do mamilo quase sempre é a causa das fissuras, portanto o ideal é corrigir a pega para que isso não volte a acontecer. O correto é que a boca do bebê abocanhe o máximo possível da auréola do seio, e não apenas o bico do seio.

 

Se tiver uma auréola grande e o bebê não conseguir abocanhá-la toda, a parte de cima da auréola deve estar mais visível do que a de baixo. Além disso, a boca do bebê deve estar bem aberta, com os lábios para fora, nunca para dentro, e em forma de peixinho. Pode ajudar o bebê a pegar corretamente com algumas técnicas:

 

a) Esguiche um pouco de leite antes de dar o seio para o bebê e passe o leite no bico do peito. Aproxime o bico do seio do nariz do bebê para que ele sinta o cheiro e abra a boca para mamar. O cheio é um grande estímulo para nós, mamíferos!;

 

b) Usando o indicador e o polegar da sua mão para fazer uma forma de C, segure o seio e aponte o bico do seio para o céu da boca do bebê. Os outros dedos devem ajudar a apertar a auréola para colocar o máximo possível na boca do bebê;

 

c) Se estiver calor, tire a sua blusa e a blusa do bebê e coloque barriga com barriga. Estudos científicos sugerem que essa posição estimula a sucção e os reflexos dos mamíferos para a amamentação!

 

2 – Experimente outras posições

É verdade que estamos acostumadas a ver aquela posição clássica em que a mãe está sentada e o bebê deitado nos seus braços mamando, mas essa não é a única posição para amamentar! Existem várias maneiras de amamentar, seja em pé, sentada, deitada – e o importante é encontrar uma que funcione para você. Às vezes, também é uma questão de ângulo.

 

Se tiver um banco de leite materno na sua cidade, as enfermeiras poderão te ajudar. Caso contrário, é aconselhável buscar ajuda de uma Consultora de Aleitamento Materno particular para que ela ensine corretamente as diferentes posições.

 

3 – Tire leite antes de iniciar a mamada

Pode parecer estranho, mas o excesso de leite também atrapalha o bebê a mamar. Ele pode engasgar, ter refluxo ou dificuldades em manter a pega. Por isso, se estiver com os seios muito cheios, é indicado ordenhar um pouco de leite antes para controlar o fluxo de leite quando o bebê for mamar.

 

4 – Evite oferecer chupetas e mamadeiras

Embora a tentação seja grande, especialmente com os mamilos machucados, evite oferecer chupetas e mamadeiras para “descansar” os seios. Bicos artificiais podem causar confusão e atrapalhar ainda mais a correção da pega do bebê, acabando por prolongar a fissura ao invés de acelerar a recuperação.

Sobretudo, não desanime de primeira: insista na amamentação. Lembre-se que ela é, realmente, o melhor para a sua saúde e para a saúde do seu bebê, ajudando a aumentar a imunidade e o desenvolvimento saudável do seu filho. Conseguir ajuda é a sua melhor opção!

 

Se é mãe de primeira viagem e está preocupada com a amamentação, recomendamos o Curso de Amamentação da Nutricionista especializada em Nutrição materno-infantil Franciele Loss Danemberg. Clique para saber mais!

curso de amamentação

Curso de Amamentação

Um curso todo voltado para preparar, empoderar e apoiar grávidas e novas mães para uma amamentação tranquila e de sucesso!

Sobre a autora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vila Materna é um portal de informações baseada em evidências científicas sobre gestação, maternidade e educação e com firme compromisso com a perspectiva feminista e os direitos das mulheres e crianças.

Inspiração

“A mulher viva e politizada afirma ser uma pessoa quer esteja ligada a uma família ou não, quer esteja ligada a um homem ou não, quer seja mãe ou não”.


– Adrienne Rich, Of Woman Born: Motherhood as Experience and Institution

Aline Rossi © 2020. Todos os direitos reservados.