Veja o que você precisa levar para o parto na maternidade

Se é a primeira vez que terá um parto hospitalar, você talvez se sinta um pouco perdida sobre o que levar na mala da maternidade para o dia do parto. Mas vamos resolver isso já!

Preparamos essa lista com sugestões do que levar na mala da maternidade e também com respostas para as dúvidas mais comuns das mães na hora do parto. Contudo, se você tiver uma doula ou uma educadora perinatal para acompanhá-la, elas certamente terão muita experiência para partilhar com você e seu acompanhante. Se não tiver, não se preocupe: temos tudo aqui!

O que levar de casa e o que tem no hospital?

Antes do dia do parto, é uma boa ideia agendar uma visita ao hospital onde você terá o bebê. Assim, terá uma ideia melhor do espaço e poderá perguntar mais sobre o que eles recomendam trazer de casa e o que o próprio hospital disponibiliza (por exemplo: toalhas, itens higiênicos)

Quando começar a arrumar a mala da maternidade?

É uma boa ideia deixar a mala da maternidade pronta pelo menos duas semanas antes da data prevista de parto. Em última instância, você pode começar a prepará-la quando bem entender, mas a regra é que quanto antes começar, melhor. Por quê? Porque a situação mais provável é que quanto mais perto esteja da data do parto, mais ansiosa você fique. Ou seja, as chances de esquecer algo importante são maiores.

Se, por outro lado, começar a preparar a mala da maternidade com antecedência (digamos, quando entrar na 36ª semana), poderá ir complementando ao longo do tempo, conforme você vá se lembrando dos itens ou aprendendo coisas novas no caminho.

Como arrumar a mala da maternidade?

Existem três tipos de itens que você precisa incluir na sua mala da maternidade: para o bebê, para você e itens úteis. Por isso, a mala pode ficar um pouco grande e pesada, ou seja, vale a pena pedir ajuda com a logística de ir e voltar para a maternidade.

O que levar na mala da maternidade para a mamãe?

  • Plano de parto (seja para parto normal ou plano de parto para cesárea)
  • Roupas soltas e confortáveis para usar durante o trabalho de parto, que não restrinja seus movimentos e sejam adequadas à temperatura;
  • 3 trocas de roupas confortáveis e leves;
  • Pijama ou camisola com decote ou abertura fácil de puxar para tirar o seio;
  • 2 ou 3 sutiãs de amamentação ou de pano (sem aros). Lembre que seus seios vão aumentar consideravelmente de tamanho quando o leite descer e que você vai querer ter os seios mais acessíveis;
  • Almofada de amamentação, se quiser usar;
  • 2 pacotes de absorventes pós-parto ou absorventes noturnos de grande capacidade;
  • 5 ou 6 pares de calcinhas, pode trazer algumas descartáveis, se preferir;
  • 2 pares de meia;
  • 1 par de chinelos;
  • Higiene pessoal: escova de dentes, escova de cabelo, toalhinhas de mão, sabonete, protetor labial, desodorante, elástico e presilhas para o cabelo;

O que levar na mala da maternidade para o bebê?

  • 6 bodies;
  • 6 mijões;
  • 4 pares de meia;
  • 2 pares de luvas (só para o inverno);
  • 6 fraldas de pano;
  • 2 casaquinhos que abram na frente;
  • 2 xales ou manta;
  • 1 pacote de fraldas RN (20 fraldas), 6 por dia mais ou menos;
  • Toalha de banho;
  • Bebê-conforto caso vá para casa de carro;
  • quadrados de musselina ou babadores

Coisas úteis para ter na mala da maternidade

  • Coisas para passar o tempo na maternidade (livro, fones, revista, etc);
  • Protetores de seio de algodão para os seios;
  • Frutos secos e petiscos rápidos;
  • Garrafa d’água para manter por perto noite adentro;
  • Medicamentos que você já esteja tomando;
  • Álcool gel e máscaras;

Preparando para todos os cenários

Em caso de parto domiciliar

Se você está planejando ter um parto domiciliar, discuta seus planos e o que você precisa preparar diretamente com sua parteira e sua doula. Contudo, é importante preparar a mala de qualquer forma, caso precise fazer uma transferência intraparto.

A volta para casa

Quando receber alta e finalmente chegar em casa, você provavelmente vai estar ainda na ressaca do parto, cansada e não vai querer fazer mais do que descansar e cuidar de seu bebê. Portanto, planejar com antecedência é assegurar um pós-parto tranquilo.

Se puder, também deixe as compras de casa feitas. Compre o suficiente para não ter de ir toda semana, ou seja, inclua muitos itens básicos como papel higiênico, absorventes e fraldas.

Se tiver um freezer ou um congelador bom e espaçoso, pode preparar algumas refeições com antecedência e congelá-las para facilitar naqueles dias em que está com pouco suporte.

Transporte

Um detalhe importante que quase sempre fica esquecido é planejar como vai chegar ao hospital, afinal você pode precisar ter de sair em horas inesperadas, seja de dia ou de madrugada. Se planeja ir de carro, fazer uma revisão antes do parto não é má ideia. Verifique óleo, água, motor e se há gasolina suficiente no tanque.

Se não tiver, combine com alguém para que essa pessoa possa te levar. Idealmente, combine ainda com uma segunda pessoa, um “plano B” caso a primeira não esteja disponível no momento ou algo imprevisível aconteça.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.